Santana do Mato

Freguesia do concelho de Coruche

 

Contactos da Junta de Freguesia:
Morada: Rua das Escolas - 2100 - 675 SANTANA DO MATO
Telefone: 243 677 204
Fax: 243 677 388
email: fregsantanamato@mail.telepac.pt
 
Descrição da freguesia:
De salientar a forma como se escreve Santa Ana do Mato – é uma povoação que remonta, não se sabe ao certo, ao século XIV. Pela carta do Padre Manuel de Matos da Silva, datada de 30 de Abril de 1758, a freguesia de Santa Ana do Mato possuía 98 fogos e 305 pessoas de comunhão e 58 menores; junto da igreja apenas se acolhiam 10 pessoas, mas pela freguesia havia moradas espalhadas pelas sesmarias.

Era seu orago a gloriosa Santa Ana que, segundo a lenda, foi encontrada no meio do mato, daí a associação de palavras Santa Ana do Mato. O padre da freguesia era "capelão de curar", tendo "de próprio" 4 moios de pão meados de centeio e 20 mil réis de rendimento uns anos por outros.

Tinha juiz de vintena e escrivão da mesma. Colhia apenas centeio, tendo o campo coberto de mato. Servia-se do correio de Montemor-o-Novo. Passou a pertencer ao concelho de Coruche a partir do ano de 1490.

É nos nossos dias uma povoação do concelho de Coruche, distrito de Santarém. Situada a 13 km de Coruche e 60 km de Évora é sede de freguesia com o mesmo nome desde 1985 (já havia sido sede de freguesia paroquial no séc. XV).

É uma zona essencialmente ou quase totalmente agrícola, onde predominam culturas tais como: tomate, arroz, trigo, centeio, cevada, aveia, uva, produtos hortícolas, etc. Predomina como actividade mais produtiva nos meses quentes do ano a extração da cortiça (tirada de cortiça).

Orago
Santa Ana
 
Atividades económicas
Extração de lenha e cortiça, produção de carvão e agricultura diversa

Festas e Romarias
  • Festas em honra a Santa Ana (julho)
Património Cultural e Edificado
Outros locais de interesse turístico:
  • Sobreiro da Herdade da Afeiteira
Gastronomia
Cozido à portuguesa
 

Artesanato
Artigos em cortiça

 

Terça, 21 de Fevereiro de 2017
De momento não existem Sondagens activas.